Tags

Diário de uma cacheada

    0 Em Diário de uma cacheada

    HIDRATAÇÃO CASEIRA COM OVO

    hidratacao-caseira-com-ovo

    Olá, minha gente! Hoje vou compartilhar com vocês uma hidratação caseira que tenho usado muito e tem deixado meu cabelo super macio, brilhando e o day after bem bonito e definido.

    É uma receita que utiliza ovos, que é uma fonte riquíssima de proteína e vitaminas A e E. Pode ser utilizada para repor proteína o que permite que o folículo do cabelo fique mais forte, impedindo a quebra.

    Eu pinto o cabelo, e na tintura tem amônia e por sua vez, tende a deixar o cabelo elástico. Depois que comecei a usar o ovo percebi que o meu fio ficou menos elástico e parou com 90% da quebra, o melhor de tudo é que os itens utilizados é de fácil acesso e bem baratinho,  uma maravilha não é mesmo? Chega de papo e vamos aos ingredientes

    • 1 Ovo (para cabelo grande e volumoso recomendo dois);
    • 2 colheres de Açúcar ou mel;
    • Máscara de hidratação.

    hidratacao-caseira-com-ovo

    Modo de preparo:

    Separa a clara da gema e reserve a gema, bata a clara na batedeira (caso não tenha em casa pode usar um mixer ou bater com um garfo) até formar uma “neve”, o ideal é ficar bem firme, depois, adicione a gema sem a membrana que envolve a mesma, bata mais um pouco e, por último, adicione o açúcar ou mel (para quem tem o cabelo fino ou liso o mais indicado é o mel).Bata mais uma vez até ficar tudo bem dissolvido.

    hidratacao-caseira-com-ovo

    Divida o cabelo em partes, pegue essa mistura e passe no cabelo desde a raiz até as pontas em movimento de enluvar. Deixe agir por 20 minutos e enxágue com bastante água até sair o máximo do cheiro.

    hidratacao-caseira-com-ovo

    Tire o excesso da água e aplique a máscara de hidratação que você escolheu. Eu usei uma da Niely Gold Queratina reparação (eu sou apaixonada por ela, pois deixa o cabelo super hidratado). Deixe agir o tempo indicado da máscara e enxague novamente.

    hidratacao-caseira-com-ovo

    Muita gente me pergunta se o cabelo fica com aquele cheiro ruim do ovo. A questão está na retirada da membrana que envolve a gema, no enxague e na escolha da máscara de hidratação. Eu recomendo usar uma que tenha uma fragrância mais forte porque retira todo cheiro que ficar depois do enxague.

    hidratacao-caseira-com-ovo

    Haaaa, a foto que está no inicio do post é do meu 3° day after. 😀

    Uma coisa importante que devo destacar é quando você aplica a misturinha do ovo no cabelo, no momento ele fica bem áspero mas volta logo ao normal quando usar a máscara. Lembrando que essa hidratação pode ser feita para qualquer tipo de cabelo, desde do liso até o crespo. Se você quiser deixa-la nutritiva, adicione um óleo de sua preferência.

    Espero que vocês tenham gostado, essa receita é bem rapidinha mas dá um resultado incrível! Um cheiro e até o próximo!

  • BCdiario-de-uma-chaeada4
    Em Diário de uma cacheada

    BATE-PAPO SOBRE O BC | Diário de uma cacheada

    Olá, minha gente. Vou bater um papo com vocês sobre o BC. Nesse texto vou ser bem sincera sobre o assunto, relatar minha experiência e vou dar algumas dicas baseado na minha própria experiência.

    Pra quem não sabe, BC significa Big Chop (grande corte em inglês), termo utilizado ao se referir a parte química do cabelo que foi retirada e deixando somente a parte natural.

    Como eu citei no meu primeiro post (clique aqui e confira), minha transição durou 9 meses e fiz o BC em Dezembro de 2014. Fiz sem querer, pois meu desejo era só cortar depois de dois anos em transição, mas como minha parte com química quase não existia mais, decidi cortar.

    Eu recebi muitos elogios e apoio, mesmo assim, me sentia estranha. Pasmem, eu não gostei do resultado mas me sentia livre e não me arrependi de ter feito o BC! Eu não sei explicar o que senti, mas não consiga me arrepender de ter deixado meu cabelo natural. Eu estava decida.  Eu fiquei um mês sem me olhar no espelho direito, o cabelo ficou bem curtinho, com apenas 9 centímetros, em algumas regiões menos que isso, 7. Vale dizer que esse era o tamanho dele esticado, porque ele enroladinho ficava menor ainda. (Não tenho fotos dessa época)

    Eu evitava sair, estava trabalhando na época e todos os dias antes de ir era aquele dilema, me sentia mal ao pensar que iria sair na rua e encarar as pessoas! Eu trabalhava com o público na época e isso piorava ainda minha situação, não tinha jeito de fugir das pessoas, rs! Conforme o tempo foi passando fui me adaptando ao novo cabelo, sabendo lidar mais com ele. E hoje estou totalmente satisfeita com meu cabelo, totalmente adaptada, o amando cada dia mais.

    Esse relato é pra mostrar justamente aquilo que não vi quando estava em transição. Quando eu fazia busca na net para saber sobre alguns BC achava muita coisa linda e maravilhosa, as meninas falando super bem, que o BC é isso e aquilo como se fosse um conto de fadas, quando eu o realizei não foi bem assim. Senti na pele o que é se olhar no espelho e se ver bem diferente do que estava acostumada. Eu nunca me deparei com relatos sinceros das meninas que cortaram o cabelo.

    Acredito eu que por  causa dessa fantasia toda em volta do BC fez com que eu me assustasse demais com a realidade e contribuiu muito para que eu me sentisse estranha depois que cortei o cabelo. Claro que cada um é cada um, umas realmente amam seu BC e o resultado de tanto tempo de sacrifício mas, comigo não foi assim e pode ser também o caso de diversas meninas.

    Abaixo vou deixar algumas dicas de como você pode evitar algumas coisas quando realizar o seu BC e assim saber lidar com qualquer coisa que possa acontecer.

    • Cuidado com as inspirações. É muito importante você ver histórias sobre mudança do alisado para o natural, isso te incentiva a continuar na luta quando os dias não estão assim tão legais. Mas é sempre bom deixar claro que cada pessoa tem uma história completamente diferente, cada um tem sua forma de ver as coisas, não se engane achando que seu cabelo ficará igual o da pessoa que você está vendo. Crie sua própria história, até porque, seu cabelo é sua identidade.
    • Se prepare para qualquer situação. Quando eu digo isso, eu digo tudo mesmo! Olhares de reprovação, você não gostar do resultado, palavras negativas vindo de familiares e amigos. Isso tudo pode ocorrer ou coisas até piores como um crush ou namorado te deixar por causa da mudança. Você deve preparar seu psicológico para qualquer situação e saber lidar com ela, vai por mim, fazendo isso é o que vai fazer toda a diferença, acredite!
    • Seu cabelo tem grandes chances de mudar o tipo conforme o tempo for passando.

    Antes de entrar nesse assunto, vou deixar aqui bem explicado sobre isso. Criaram uma tabela com os tipos de curvatura do cabelo. São divididos em: ondulados, cacheados e  crespo. Dentre eles existe um sub grupo que classifica em três curvas.

    • Ondulados: 2A –2B – 2C

    bc-diário-de-uma-cacheada

    • Cacheado:  3A – 3B – 3C

    bc-diário-de-uma-cacheada1

    • Crespo:  4A – 4B – 4C

    bc-diário-de-uma-cacheada2

    Quando eu estava na transição ficava observando qual seria meu tipo de curvatura do meu cabelo, no período da transição ele parecia com os ondulado tipo 2B, quando cortei ele foi para 2C e hoje está com 3B e 4C, ou seja,  meu cabelo tem duas curvaturas. Eu não sei a razão de ter duas ou até três tipos de curvatura numa mesma cabeça (sim, isso pode acontecer), contudo, eu já estava ciente que ele poderia mudar conforme o tempo, até porque, na transição o cabelo está com as pontas lisas o que dificulta a formação real dos cachos. E um outro fator que influencia nessa mudança são os hormônios. Então, fica ciente que depois do BC seu cabelo tende a mudar bastante e desenvolver duas ou mais texturas.

    Dicas rapidinhas sobre BC

    • Me arrependi de ter feito BC, o que fazer? Se isso acontecer eu te aconselho a pensar bastante, pesquisar, pesar a situação para ver se esse sentimento não é só de momento. Caso você tenha a mais absoluta certeza que quer alisar de novo, fique completamente tranquila, você deve ter o cabelo que te faz bem.
    • O quanto puder deixar o cabelo crescer, é melhor. Gente, eu vejo muitas meninas cortarem rápido demais a parte lisa, mas eu sou completamente contra isso porque quanto menor o cabelo tiver, mais estranha você vai se sentir. Deixa o cabelo crescer o máximo que você puder. Acredito que isso influenciou bastante no resultado do meu BC, pois se ele estivesse maior, estaria mais do meu agrado. Claro que isso vai de pessoa pra pessoa, tem gente que até raspa a cabeça, rs! Entretanto, o risco de você não gostar ou se estranhar é muito maior.

    Espero que vocês tenham gostado, até o próximo capitulo, um cheiro!

    Continuar lendo →

  • cachear o cabelo
    Em Diário de uma cacheada

    TÉCNICA PARA CACHEAR O CABELO EM TRANSIÇÃO | Diário de uma cacheada

    Olá minha gente! Como prometido hoje vou compartilhar com vocês técnicas de cachear o cabelo ainda em transição e alguns produtos que facilitam a durabilidade dos cachos.

    Antes de mostrar as dicas preciso dizer que a texturização (texturização é deixar a parte lisa do cabelo cacheado) nunca deu o resultado desejado durante a minha transição. Porque simplesmente não funcionavam em mim.

    O fio do meu cabelo natural é grosso e as pontas estavam ralas, então ficava  feio demais, depois que eu usava algumas técnica a raiz inchava e as pontas ficavam com poucas ondulações. Terminava que eu saia com um belo de coque no cabelo ou então pranchava quando era uma ocasião especial.

     Já vou adiantando que as técnicas que vou apresentar podem funcionar super bem para o seu cabelo ou fracassar como aconteceu comigo. Meu conselho para você é testar cada técnica antes de sair, não deixe pra fazer em cima da hora ou no mesmo dia que você for á algum lugar porque, se não der certo, não dará tempo de você fazer qualquer outra coisa. Vou deixar de conversa e vamos as dicas!

    CACHEAR O CABELO COM BOBS

    Nossa mãe que o diga! Os bobs sempre foram usados para formar cachos ou apenas algumas ondas nos cabelos e não poderia passar despercebidos não é mesmo? No mercado existem uma infinidade deles, os maiores fazem cachos mais abertos e os menores, mais fechados.

    Os de espuma cacheia muito e são bem mais rápidos, para mim, eles são os melhores e eles não precisam de grampo, já vem com uma forma de prender o cabelo.

    Existem duas formas de cachear o cabelo, uma é com o cabelo úmido e a outra com cabelo já seco.

    Com o cabelo úmido: separe -o  em mexas finas, passe um pouco de creme de pentear e um pouco de gel ou mousse . Envolva a mexa no bob até o coro cabeludo, prenda com um grampo que aqui na Bahia chama-se mice, rsrs! Deixe o cabelo secar naturalmente. Você  pode secar com o secador, se preferir.

    Com o cabelo seco: utilize um óleo de sua preferência com um pouco de reparador de pontas. Use pouco para não ficar aquele aspecto  de cabelo sujo e pesado. Separe em mexas e coloque os bobs e mais uma vez não enrole até a parte do cabelo natural.

    O tempo que fica no cabelo é vai depender de cada fio de cabelo, minha dica é tirar um bob e observar como está a forma do cacho, se tiver do jeito que você deseja, retire ,se não estiver deixe o cabelo mais um tempo com o bob.

    cachear-o-cabelo

    CACHEAR O CABELO COM PAPÉIS 

    Quem diria que dava para cachear o cabelo com papeis? Pois é dá sim e muito bem!

    • Folha de oficio (sulfite);
    • papel higiênico (folha dupla é o ideal mas pode ser folha simples);
    • folhas de revistas;
    • papel toalha (aqueles usados na cozinha para diminuir o óleo de frituras );
    • jornal;
    • papel laminado.

    O papel higiênico, papel toalha e o papel laminado é ideal para mexas mais finas, já os demais podem ser feitos tanto em mexas finas e mais grossas.

    Enrole a folha formando um rolinho, com o cabelo seco divida em mexas, utilize um óleo de sua preferência com um pouco de reparador de pontas, envolva o cabelo bem no meio da folha e depois dê um nó nas pontas da folha para que o cabelo fique preso. Faça isso em todo o cabelo. Fácil, não é mesmo? Como exemplo de como fazer, segue o vídeo da Luisa Laranja:

    CACHEAR O CABELO COM CANUDO

    Os canudos conosco tem outra função, fazer cachinhos!

    Com o cabelo úmido: separe -o  em mexas finas, passe um pouco de creme de pentear e um pouco de gel ou mousse. Pegue um canudo e envolva a mexa do cabelo fazendo um espiral e  prenda com um grampo. Se você não tiver grampos, dê um nó com o próprio canudo.

    Com o cabelo seco: utilize um óleo de sua preferência com um pouco de reparador de pontas e faça o mesmo processo do cabelo úmido. Deixe o cabelo secar naturalmente. Você  pode secar com o secador, se preferir. O único problema do canudo é que as mexas tem que ser bem fininhas e o cacho fica mais fechado ou seja, é mais trabalhoso, porém, o resultado fica incrível.

    Obs: Ao usar o secador não deixe muito próximo aos canudinhos porque eles podem derreter com o calor.

    Como exemplo segue o vídeo da Carol Manprin de como enrolar o cabelo com canudo.

    CACHEAR O CABELO COM COQUINHOS

    Outra forma bem bacana é os chamados coquinhos.

    Com o cabelo úmido: separe -o  em mexas (nem muito grossa pois mechas assim tendem a não ficar com boas ondulações e nem muito fina porque é mais difícil para prender a pontinha do cabelo). Passe um pouco de creme de pentear e um pouco de gel ou mousse, enrole o cabelo como se fosse uma polpa e prenda com um elástico (xuxa pequena). Deixe o cabelo secar naturalmente. Você pode secar com o secador, se preferir.

    Com o cabelo seco: utilize um óleo de sua preferência com um pouco de reparador de pontas e faça o mesmo processo do cabelo úmido.

    Como exemplo segue o vídeo da Rayza Nicácio.

    CACHEAR O CABELO COM TRANÇAS

    Quem não sabe fazer uma trança, não é mesmo? Elas além de deixar uma textura bacana ainda deixa os fios bem macios.

    Com cabelo úmido: divida o cabelo em mechas, passe um pouco de creme de pentear e um pouco de gel ou mousse e faça uma trança, prenda a ponta do cabelo com um elástico e deixe secar naturalmente.

    Com o cabelo seco: um óleo de sua preferência com um pouco de reparador de pontas e borrife um pouco de água, faça o mesmo processo do cabelo úmido. O beneficio de fazer com o cabelo seco é que você pode dormir de tranças e só tirar no outro dia, use uma touca, de preferência, seda ou cetim.

    Como exemplo de como fazer segue o vídeo do canal Brenda Lima:

    CACHEAR O CABELO COM BIGUDINS/FLEXI RODS

    É bem parecido com bobs, porém, os cachos ficam muito mais definidos.  Nesse caso, a forma de usar vai depender do bigudinho que você for utilizar, pois existem vários e a forma é diferente entre si. No pacote que você compra vem com as instruções de uso, outra opção, é olhar vários tutoriais que existem no YouTube. Pode ser usado tanto com o cabelo úmido e seco. Outro fato para levar em consideração é que os bigudinhos mais finos deixam os cachos mais fechados e os mais grossos com os cachos mais abertos, escolha de acordo a abertura do seu cacho.

    Com o cabelo úmido: aconselho usar gel e um creme de pentear.

    Com o cabelo seco: usar um óleo, pomada ou cera. Não use muito para não deixar os fios carregado pois dará aspecto de sujo.

    Como exemplo segue o vídeo da Rayza Nicácio.

    No mercado existem diversos tipos de finalizadores, vou citar os principais, o que é, suas funções e o ideal para cada tipo de cabelo.

    ATIVADOR DE CACHOS

    O que é?Em spray, creme ou gel, tem ativos que devolvem a elasticidade.
    Função: define cachos, diminui o frizz e o volume. Existem alguns que também pode ser usado para dar um volume nos cachos, depende muito do fabricante.
    Ideal para: Cabelos de ondulados a afro. Todos os tipos de fio

    LEAVIN-IN 

    O que é? Hidratante sem enxágue. Com textura mais leve e/ou fluida do que o creme de pentear.
    Função: Reduz o frizz, hidrata, deixa maleável e modelado delicadamente. Alguns são indicados para usar antes do secador e chapinha, pois alguns possuem protetor térmico.
    Ideal para: Todos os tipos de cabelo.

    CREME PARA PENTEAR

    O que é? Hidratante sem enxágue.
    Função: Hidratar, nutrir, deixar maleável, modelar e reduzir o frizz.
    Ideal para: Todos os tipos de cabelo. Os de texturas mais densas para fios mais grossos e com texturas mais fluidas para fio mais finos.

    SPRAY DE VOLUME

    O que é? Similar ao mousse porém, deixa um aspecto mais natural que o mousse.
    Função: Dá corpo e volume às madeixas.
    Ideal para: Todos os tipos de cabelo.

    MOUSSE

    O que é? Produto na forma de espuma que ajuda a modelar os fios.
    Função: Dar volume às madeixas.
    Ideal para: Todos os tipos de cabelo.

    POMADA

    O que é? Muito similar à cera, contudo, é mais cremosa. Contém menos óleo logo, sua fixação é menor.
    Função:Finaliza penteados, controla o frizz e dá destaque às pontas de fios repicados.
    Ideal para: Todos os tipos de cabelo

    SÉRUM E SILICONE

    O que é? Tipo de óleo. O sérum é um genérico do silicone.
    Função: repara as pontas temporariamente e dá brilho.
    Ideal para: todos os tipos de cabelo.

    REPARADOR DE PONTAS

    O que é? Tipo de óleo.
    Função: Reparar as pontas temporariamente, dá brilho e alguns reduz o aspecto de ponta dupla.

    CERA

    O que é? Espécie de creme de consistência densa que contêm bastante óleo e silicones na composição e modela os fios. Há tipos com brilho e com efeito matte (opaco).
    Função: define o repicado, finaliza penteados e ajuda na durabilidade do mesmo.
    Ideal para: fios grossos.

    Algumas dicas

    • Caso você opte secar com o secador, use a temperatura morna e um protetor térmico. Lembrando que usar o secador o cabelo tende a ficar mais frizado do que secar ao natural.
    • Em um borrifador adicione água, um pouco de óleo (pode ser reparador de pontas ou silicone), bepantol (opcional ) e creme para pentear ou leave – in. Usar essa misturinha sempre que desejar fazer uma texturização ou revitalizar os cachos.
    • Usar uma touca e fronha de cetim ou seda ajuda a não amassar os cachinhos.

    Espero que vocês tenham gostado, qualquer dúvida, deixe nos comentários. Confira os outros post da serie Diário de uma cacheada clicando – aqui. Um cheiro e até o próximo.

    Referências:
    Site sweet woman; – Site transitei; – Blog cachos e mais; – Blog Hi cachos; – Blog moda e moldes; – Site fique diva.

    Continuar lendo →

  • diario-de-uma-cacheada
    Em Diário de uma cacheada

    Diário de uma cacheada | O início

    Oi gente linda, tudo bem? Umas das coisas que eu mais amo em trabalhar com blog e youtube é a oportunidade de conhecer pessoas incríveis, com histórias e dicas diferentes. Nesses 3 anos de blog eu conheci muita gente legal e uma delas foi a Amanda Batista. Começamos a conversar através dos comentários dos vídeos, depois fomos para o facebook, snapchat e hoje basicamente nos falamos por Direct no instagram, rs!

    Em uma dessas conversas a Amanda me contou um pouquinho da sua história com a transição capilar. Foi então que tive a ideia de convida-lá a compartilhar sua história e dicas com a gente. Sei que tenho muitas leitoras que tem os cabelos cacheados e algumas que estão passando pela transição capilar.

    Como eu não tenho autoridade para falar sobre o assunto, pois não tenho conhecimento sobre, achei legal convidar alguém que tenha passado pela transição para fazer uma coluna aqui no blog Maquilagem.

    Então, apresento a vocês a nova coluna do blog “Diário de uma cacheada”. A Amanda irá compartilhar um pouco da sua história com a transição capilar e dará alguma dicas para as cacheadas ou crespas de plantão. Os textos da Mandys (assim que a chamo) aparecerá aqui no blog de 15 em 15 dias e sempre na terça-feira, então fique ligadinha para não perder nenhum conteúdo. Agora a Nay vai embora, espero que aproveitem o post. <3

    COM VOCÊS O DIÁRIO DE UMA CACHEADA POR AMANDA BATISTA

    Oi , minha gente! Chamo-me Amanda Batista, tenho 21 anos, baiana, e estou aqui a convite da Nay para dar dicas sobre cabelo cacheado/crespo.
    Hoje, vou compartilhar com vocês minha experiência de forma breve ( próximos posts, contarei cada detalhe) a decisão de abandonar a química e voltar os meus cachos.

    Eu alisava meu cabelo porque não sabia cuidar dele cacheado. Há anos atrás não havia produtos específicos para cabelo cacheados/crespo em abundância como existe atualmente. Apliquei química pela primeira  aos 09 anos de idade, com aqueles alisantes para crianças.

    diario-de-uma-cacheada

    Como era o meu cabelo liso!

    Com o passar do tempo, eu fiquei muito insatisfeita com o meu cabelo, ele estava sem vida, perdeu completamente o volume. Por diversas vezes troquei o alisante, a marca, do mais fraco ao mais forte, mas nada adiantou muito pelo contrário, piorou ainda mais a situação.

    Tive corte químico 3 vezes, mas, como não sabia ter os devidos cuidados com meu cabelo natural, permaneci alisando. Até que no inicio 2014, já com 19 anos, o alisante  que eu usava já há um tempo, começou a criar feridas no meu coro cabeludo.

    Meu organismo começou a desenvolver uma alergia ao alisante e foi nesse momento que decidi parar de alisar. Pensei em fazer outros tipos de química como escova inteligente, progressiva, selagem, mas, tive medo. Resolvi deixá-lo natural, mas, nem sabia por onde começar.

    diario-de-uma-cacheada1

    Primeiros meses depois do BC (Big Chop)

    Cuidava dele como de costume, lavava duas vezes por semana, hidratava e pronto. Até que uma conhecida  me indicou uns grupos em uma rede social e umas blogueiras que indicavam tratamentos para quem estava em transição.

    Foi nesse momento que comecei minha dura e complexa transição. Usava as dicas das blogueiras e de algumas meninas que tinham deixado o cabelo natural. Eu queria cortar o cabelo com no mínimo, dois anos sem nenhuma química, mas não foi possível.

    Durante a transição, as pontas do meu cabelo que tinha química foram quebrando e ficando cada vez mais rala e a raiz inchada e não dava mais para fazer nenhum penteado para disfarçar. Quando completei nove meses de transição, em dezembro de 2013, eu cortei toda a parte da química do meu cabelo. Hoje tem um ano e cinco meses que estou sem alisamento.

    diario-de-uma-cacheada4

    Meu cabelo como está hoje! <3

    Diferente de muitas meninas, o motivo de sair do alisamento, de inicio, foi por minha saúde, porém, foi a melhor decisão para meu cabelo.

    Foi um grande desafio mudar porque passei anos na química e para vocês terem noção, nem lembrava mais como era meu cabelo natural, rs! Muita gente duvidou que eu mudasse outras, não achavam que seria uma boa ideia e me sugeriram muitas coisas!

    Mas não me deixei levar por isso, continuei firme na minha decisão. Como disse no inicio, nos próximo posts contarei com mais detalhe cada fase que enfrentei e partilhar muitas dicas. Espero que vocês tenham gostado! Até o próximo.

    Continuar lendo →