0 Em Moda

LIVRO “NADA PARA VESTIR” ARLINDO GRUND

nada-para-vestir3

Oi gente linda, tudo bem? Hoje eu trago a resenha do livro “Nada para vestir” do Arlindo Grund. Eu li esse livro já faz algumas semanas e resolvi compartilhar com vocês alguns pontos bem legais que me chamaram a atenção.

Aqui no blog eu já fiz a resenha do livro “O essencial” da Costanza Pascolato, se você quiser conferir é só clicar – aqui. Os dois livros tem algumas ideias parecidas, inclusive em algumas partes do Livro o Arlindo cita o nome da Constanza como referencia, afinal ela é a moda em pessoa, rs!

Antes de começar a falar do livro tenho que apresentar melhor o autor.

nada-para-vestir11

Arlindo Grund é stylist e apresentador de televisão, desde 2009 apresenta o programa “Esquadrão da moda” ao lado de Isabella Fiorentino, no SBT. Formado em comunicação pela Universidade Católica de Pernanbuco, pós-graduado em Marketing pela faculdade Getúlio Vargas e mestre pela Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Além de figurinos e styling de campanhas publicitárias que cria, ele é responsável por capas, editoriais e produções principais em publicações nacionais no ramo da moda, além de desfiles e catálogos.

nada-para-vestir

Falando do livro: Nada para vestir é um dos livros mais completos que eu já li nessa categoria de “manual com dicas para se vestir”. O livro começa com um texto falando sobre a importância da escolha da roupa, o quanto uma peça pode mostrar sua personalidade e sentimento, uma breve reflexão de que roupa é contexto.

“Para viver em sociedade, é no mínimo recomendável falar a mesma língua. E a moda nada mais é do que uma linguagem. Roupas e acessórios são como as palavras: juntas, elas constroem um discurso.”

nada-para-vestir10

Logo depois temos um capitulo falando das peças básicas para ter um guarda-roupa prático, em todo o livro a proposta do Arlindo é mostrar que para se vestir bem não precisa de muitas coisas, com o básico você consegue criar produções incríveis.

Outra parte que eu gostei bastante no livro é o capitulo em que o autor fala das cores, além de falar do significado de cada uma, cores que mais valorizam e tudo mais, tem uma parte que ele fala sobre colorimetria, quais as cores que mais caem bem em determinadas tonalidades de pele, como escolher as cores certas para algumas ocasiões. É bem bacana!

“Apesar de ligado à morte, curiosamente o preto é uma cor associada ao gosto da juventude contemporânea. Uma pesquisa a respeito das cores preferidas das pessoas revelou que é entre os 14 e os 25 anos que elas mais apreciam a “não cor.” Segundo o estudo publicado no livro A psicologia das cores, cerca de 15% das mulheres jovens citaram o preto como cor predileta. Entre as mulheres acima dos 50 anos, em compensação, apenas 6% declaram ter a “não cor” como seu eleito. Um dos motivos para a moçada eleger o preto é a associação com itens de luxo, como roupas de grifes e carros. Já os mais velhos o associam com o final da vida.” 

nada-para-vestir9

 Além das milhões de dicas que o livro “Nada para vestir” tem, uma coisa bem legal que o autor faz é ir colocando curiosidades sobre determinador assuntos. Por exemplo, no capitulo sobre estampas tem várias curiosidades sobre como surgiu o gosto por estampas, os desenhos, as tonalidades é bem legal, pois assim você vai entendendo mais sobre o assunto.

“Vista-se mal e notarão o vestido. Vista-se bem e notarão a mulher” (Coco Chanel)

nada-para-vestir8

 Outro ponto legal é sobre acessórios, diferente de outros livros que já, “Nada para vestir” vem com uma explicação de qual brinco funciona para determinados tipos de rosto, é bem completo, nenhuma dica é “jogada”, todas tem uma explicação, um contexto e um estudo de visagismo bem legal.

Na parte dos biquínis também tem um explicação bem legal de como valorizar mais cada tipo de corpo. Também tem dicas de looks para trabalho, sapatos, bolsas.

“Os cabelos compridos são, historicamente, associados às virgens e às heroínas dos contos de fadas (Alô Rapulzel!). Eles transmitem,portanto, a ideia da feminilidade exacerbada, que deve ser contida em público. No século XIX, cabelos soltos, longos e ondulados eram uma poderosa arma de sedução e um tema recorrente dos pintores da época, como Gustave Courbet.”

nada-para-vestir7

Como disse o livro é super completo no final tem um capítulo de como cuidar melhor das roupas, como guardar alguns modelos de roupas de forma que não estraguem rápido demais e tem até uma lista bem grandinha de filmes que possui figurinos lindíssimos para você assistir e se inspirar nas roupas, inclusive já selecionei alguns que irei assistir.

nada-para-vestir5

Eu paguei R$ 31,90 no livro e comprei na livraria Cultura, mas o preço pode variar dependendo da loja e também da cidade.

Resumindo, eu gostei bastante achei bem completo, bem explicado e com dicas muito legais é um ótimo manual para quem quer saber mais desse universo da moda e dicas para aproveitar as peças que já tem no guarda-roupa.

Espero que vocês tenham gostado da resenha. Me conta nos comentário se você já leu esse livro e o que achou. Obrigada por ler até aqui, um super beijo <3

*Nenhum produto foi utilizado para fins publicitários.

You Might Also Like

Sem comentário

Comentar