Olá, minha gente. Vou bater um papo com vocês sobre o BC. Nesse texto vou ser bem sincera sobre o assunto, relatar minha experiência e vou dar algumas dicas baseado na minha própria experiência.

Pra quem não sabe, BC significa Big Chop (grande corte em inglês), termo utilizado ao se referir a parte química do cabelo que foi retirada e deixando somente a parte natural.

Como eu citei no meu primeiro post (clique aqui e confira), minha transição durou 9 meses e fiz o BC em Dezembro de 2014. Fiz sem querer, pois meu desejo era só cortar depois de dois anos em transição, mas como minha parte com química quase não existia mais, decidi cortar.

Eu recebi muitos elogios e apoio, mesmo assim, me sentia estranha. Pasmem, eu não gostei do resultado mas me sentia livre e não me arrependi de ter feito o BC! Eu não sei explicar o que senti, mas não consiga me arrepender de ter deixado meu cabelo natural. Eu estava decida.  Eu fiquei um mês sem me olhar no espelho direito, o cabelo ficou bem curtinho, com apenas 9 centímetros, em algumas regiões menos que isso, 7. Vale dizer que esse era o tamanho dele esticado, porque ele enroladinho ficava menor ainda. (Não tenho fotos dessa época)

Eu evitava sair, estava trabalhando na época e todos os dias antes de ir era aquele dilema, me sentia mal ao pensar que iria sair na rua e encarar as pessoas! Eu trabalhava com o público na época e isso piorava ainda minha situação, não tinha jeito de fugir das pessoas, rs! Conforme o tempo foi passando fui me adaptando ao novo cabelo, sabendo lidar mais com ele. E hoje estou totalmente satisfeita com meu cabelo, totalmente adaptada, o amando cada dia mais.

Esse relato é pra mostrar justamente aquilo que não vi quando estava em transição. Quando eu fazia busca na net para saber sobre alguns BC achava muita coisa linda e maravilhosa, as meninas falando super bem, que o BC é isso e aquilo como se fosse um conto de fadas, quando eu o realizei não foi bem assim. Senti na pele o que é se olhar no espelho e se ver bem diferente do que estava acostumada. Eu nunca me deparei com relatos sinceros das meninas que cortaram o cabelo.

Acredito eu que por  causa dessa fantasia toda em volta do BC fez com que eu me assustasse demais com a realidade e contribuiu muito para que eu me sentisse estranha depois que cortei o cabelo. Claro que cada um é cada um, umas realmente amam seu BC e o resultado de tanto tempo de sacrifício mas, comigo não foi assim e pode ser também o caso de diversas meninas.

Abaixo vou deixar algumas dicas de como você pode evitar algumas coisas quando realizar o seu BC e assim saber lidar com qualquer coisa que possa acontecer.

  • Cuidado com as inspirações. É muito importante você ver histórias sobre mudança do alisado para o natural, isso te incentiva a continuar na luta quando os dias não estão assim tão legais. Mas é sempre bom deixar claro que cada pessoa tem uma história completamente diferente, cada um tem sua forma de ver as coisas, não se engane achando que seu cabelo ficará igual o da pessoa que você está vendo. Crie sua própria história, até porque, seu cabelo é sua identidade.
  • Se prepare para qualquer situação. Quando eu digo isso, eu digo tudo mesmo! Olhares de reprovação, você não gostar do resultado, palavras negativas vindo de familiares e amigos. Isso tudo pode ocorrer ou coisas até piores como um crush ou namorado te deixar por causa da mudança. Você deve preparar seu psicológico para qualquer situação e saber lidar com ela, vai por mim, fazendo isso é o que vai fazer toda a diferença, acredite!
  • Seu cabelo tem grandes chances de mudar o tipo conforme o tempo for passando.

Antes de entrar nesse assunto, vou deixar aqui bem explicado sobre isso. Criaram uma tabela com os tipos de curvatura do cabelo. São divididos em: ondulados, cacheados e  crespo. Dentre eles existe um sub grupo que classifica em três curvas.

  • Ondulados: 2A –2B – 2C

bc-diário-de-uma-cacheada

  • Cacheado:  3A – 3B – 3C

bc-diário-de-uma-cacheada1

  • Crespo:  4A – 4B – 4C

bc-diário-de-uma-cacheada2

Quando eu estava na transição ficava observando qual seria meu tipo de curvatura do meu cabelo, no período da transição ele parecia com os ondulado tipo 2B, quando cortei ele foi para 2C e hoje está com 3B e 4C, ou seja,  meu cabelo tem duas curvaturas. Eu não sei a razão de ter duas ou até três tipos de curvatura numa mesma cabeça (sim, isso pode acontecer), contudo, eu já estava ciente que ele poderia mudar conforme o tempo, até porque, na transição o cabelo está com as pontas lisas o que dificulta a formação real dos cachos. E um outro fator que influencia nessa mudança são os hormônios. Então, fica ciente que depois do BC seu cabelo tende a mudar bastante e desenvolver duas ou mais texturas.

Dicas rapidinhas sobre BC

  • Me arrependi de ter feito BC, o que fazer? Se isso acontecer eu te aconselho a pensar bastante, pesquisar, pesar a situação para ver se esse sentimento não é só de momento. Caso você tenha a mais absoluta certeza que quer alisar de novo, fique completamente tranquila, você deve ter o cabelo que te faz bem.
  • O quanto puder deixar o cabelo crescer, é melhor. Gente, eu vejo muitas meninas cortarem rápido demais a parte lisa, mas eu sou completamente contra isso porque quanto menor o cabelo tiver, mais estranha você vai se sentir. Deixa o cabelo crescer o máximo que você puder. Acredito que isso influenciou bastante no resultado do meu BC, pois se ele estivesse maior, estaria mais do meu agrado. Claro que isso vai de pessoa pra pessoa, tem gente que até raspa a cabeça, rs! Entretanto, o risco de você não gostar ou se estranhar é muito maior.

Espero que vocês tenham gostado, até o próximo capitulo, um cheiro!