Oi gente linda, tudo bem? Hoje eu vou compartilhar uma experiência incrível que tive ontem.

Pra quem acompanha o blog há algum tempinho sabe que me casei e mudei para o Rio Grande do Sul, essa terrinha é cheia de histórias e possui uma cultura incrível, muito diferente da cultura em que eu estava acostumada.

Um dos projetos meu e do meu marido é explorar essa terra e conhecer o que tem de melhor, aos poucos vamos realizando isso.

Ontem eu e o maridão tivemos a oportunidade de realizar um passeio que é bem típico da Serra Gaúcha, que é o passei de Maria Fumaça, com degustações de vinho, uma volta ao passado para conhecer um pouco mais da tradição Italiana que tem por aqui e para finalizar tivemos a oportunidade de ver e aprender todo o processo de fabricação de um espumante.

Registrei tudo em fotos e vou compartilhar com vocês. Para te acompanhar nesse post, vou deixar de dica uma música bem típica aqui da região e que durante o passeio tocou várias vezes, rs! É pra entrar no clima do post, ok?

Começamos o dia com o passeio de Maria Fumaça, que é o único trem do Brasil que ainda possui as caracterizas da época em que foi criado. O vagão em que ficamos já apareceu em várias novelas das seis na rede globo e foi cenário de cenas de filmes de época.

Quando você entra no trem é como se estivesse dando uma volta no passado, os bancos são todos de madeira, a decoração é toda provençal, com suporte de luz clássico e até o bagageiro é de ferro como antigamente, um charme!

Serra gaúcha

03--vinhos-do-sul

O percurso do trem dura cerca de 1h30 e durante o passeio acontece várias atrações como música típica da região, um pequeno teatro  e tem até alguns dançarinos que nos convidam a dançar música italiana, é muito divertido e animado. Durante todo o percurso vamos realizando degustação de vinho e espumante que são produzidos na região.

04-vagão-maria-fumaça
Essa foto peguei da internet pois,a que eu tirei não ficou tão boa, mas é assim dentro do vagão em que fiquei. Vagão 215.
01-espumante-bento-gonçalves
Degustando um espumante na segunda parada

Após o passeio de trem, fomos para a cidade de Carlos Barbosa onde conhecemos um pouco da história da Tramontina, sabem a marca de acessórios de cozinha e outros utensílios? Temos a oportunidade de conferir um showroom com mais de sete mil peças de utensílios de cozinha, é uma loucura.

05-Garibalde
Plaquinhas bonitinhas da cidade de Garibaldi, onde fica localizada uma parte da Tramontina.
06-tramontina
Robo de apresentação da Tramontina.

E depois conhecemos uma queijaria bem tradicional italiana, que vende queijos maravilhosos. Nessa etapa temos a oportunidade de degustar vários tipos de queijos, é uma verdadeira festa do queijo e do vinho, rs!

07-queijarias-do-sul
Me esbaldei nos queijos kkkkkkk

Depois de tudo isso damos um paradinha em Bento Gonçalves que é uma cidade encantadora, ponto turístico muito conhecido aqui do Sul. Almoçamos em um restaurante e fomos passear pelas praças da cidade.

É um charme, a cidade (pelo menos a parte em que conhecemos) é muito limpa e bem cuidada. Existe alguns prédios históricos que foram reformados e preservados que dão todo o charme a cidade. Um encanto!

09--Bento-Gonçalves
Olha essa pracinha, que coisa mais linda!

E para fechar nosso dia conhecemos a produção da única vinícola do Brasil que tem a autorização Judicial para usar o termo Champagne em suas garrafas, que fica localizada na cidade de Garibaldi.

Eu não conhecia essa história mas, a França em meados de 1913 comprou o direito de usar o termo Champagne e desde então somente a região de Champagne na França tem a autorização de usar. A vinícola Peterlongo conseguiu esse direito depois de mostrar que foi a primeira vinícola a produzir Champagne no Brasil antes de 1913.

08-Venicola-Peterlongo
Fotos de dentro do túnel, algumas garrafas estão a mais de 50 anos guardadas.

Conhecemos a produção manual de um dos espumantes mais caros da vinícola e depois tivemos a oportunidade de degustar (a melhor parte).

09-venicolas-peterlongo

Tem muita história no meio de todo o passeio, mas não vou contar todas as atrações pois, caso um dia você venha conhecer não terá tanta graça assim, não é mesmo?

O passeio é oferecido por várias empresas de turismo, eu fui pela empresa chamada Personalitur, o custo por pessoa pelo site da empresa é de R$ 195,00 dilmetas, o passeio coletivo

Porém eu e meu marido compramos nossas “passagens” através de um site de compras coletivas e conseguimos por um preço mais em conta, R$ 139,00 por pessoa. Dependendo do site você acha com valor bem mais baixo.

Então a dica que dou é: fique de olho nos sites de compras, pois, essas empresas várias vezes oferecem promoções imperdíveis por lá.

Essa foi a minha experiência em conhecer  as cidades de Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi. Espero que tenham gostado de saber um pouco mais aqui do Sul.

O nosso próximos destino será fazer um pic-nic nos Canyons Gaúchos e assim, que isso acontecer eu venho compartilhar mais experiências com vocês.

11-canyons-serra-gaucha
Imagens da internet – Logo logo irei ai, rs!

Um super beijo e até :*

 

*Nenhum lugar citado a cima tem fins publicitários.